Especial: VMA & VMB 2010

19 de set de 2010

|
Depois da matéria que fiz com todo amor, carinho, cansaço e sono sobre o Emmy Awards 2010 e que não recebi nenhum comentário sobre o mesmo, venho aqui repetir este feito. Desta vez será sobre um evento bem menor: o VMB 2010. Tudo bem que ele não chega aos pés de premiações como o Emmy, Grammy ou Oscar, mas é um dos poucos eventos de premiação brasileira e acho que merecia um post aqui no AniMalicia.
Porém, antes de falar do VMB, terei de falar sobre a premiação que o deu origem: o VMA, que aconteceu alguns dias antes da premiação brasileira.
Indicados-para-o-VMA-2010Pra quem não conhece, irei reproduzir aqui as palavras da nossa grande amiga e sábia (depois do Google, claro) Wikipédia:
“O MTV Video Music Awards (VMA) foi feito pela primeira vez em 1984 pela MTV (é lóóógico), de forma a enaltecer os melhores video clipes do ano. Hoje em dia, é um programa respeitado de entrega de prêmios da cultura pop (só se for nos EUA mesmo, porque no Brasil…) que ocorre todos os anos. Suas categorias foram reformuladas a fim de prestigiar mais os artistas e suas músicas, não deixando de prestigiar os melhores videoclipes produzidos durante o ano.”
400_ladygaga_100912_kwinter_104036847Pois bem. Assisti ao VMA domingo passado e gostei bastante. Gostei tanto que baixei o evento pra mim (quem quiser, são 700MB). As apresentações estavam muito boas, a começar por Eminem que abriu o evento cantando seus atuais sucessos ao lado de outros dois artistas: Dr. Dre (cantando Not Afraid) e Rihanna, que chegou a dizer que não iria comparecer ao evento, mas, depois de uma ligação recebida do Eminem, resolveu se arrumar e ir cantar Love The Way You Lie ao lado do rapper (eu me arrepiei nessa hora: amo essa música). Venhamos e convenhamos que a produção da cantora não ficou das melhores, mas como falam: o que vale é a intenção. Logo em seguida, desce, em uma espécie de “elevador”, Chelsea Handler com uma roupa esquisitona e uma casa na cabeça ao som de Bad Romance e soltando sua pomba. Essa parte foi FAIL! A pomba não voou e eu morri de rir porque ela ficou na perna da bailarina que tava morrendo de medo da coitadinha e tentou jogá-la para que voasse, mas foi FAIL novamente. Vários outros artistas se apresentarão nesta noite: Justin Bieber (não tem como Somebody To Love não ter sido playback), Usher (apresentação excelente, cheia de efeitos de iluminação e coreografia muito show de bola de arrepiar), Florence + The Machine (não conhecia a banda, mas adorei a apresentação e ela canta MUUUUUUUITO), Travis McCoy (não foi bem uma apresentação, ele apareceu fazendo um freestyle de Billionaire antes do intervalo), Taylor Swift (que cantou uma música provavelmente direcionada para o Keyne West sobre o ocorrido no VMA 2009), Drake, Mary J. Blidge e Swizz Beats (nunca tinha ouvido também e gostei), Jason DeRulo (que também fez um freestyle), Bruno Mars (no piano), B.o.B e Hayley Williams (cantando Airplanes) e depois Paramore com The Only Exception, Linkin Park tocando The Catalyst (muito phodah!) e Kenye West encerra o evento com sua música Let’s Have a Toast. E quanto aos prêmios, só tenho uma coisa a dizer: Lady Gaga e Eminem foram os mais premiados da noite!! E eu adorei muito tudo isso.
Tava esquecendo de comentar uma coisa: o visual das celebridades que por ali passaram. Dentre as várias estavam: Ke$ha $uja (sim, ela estava suja!!!), Katy Parry com aquela saia branca e aquela parte de cima transparente FAKE, Nicki Minaj (filha… que cabelo é esse???? A roupa é melhor eu nem comentar) e as mil e uma roupas de Lady Gaga (é melhor nem entrar em detalhes, mas aquela roupa de carne deve feder tanto). Melhor eu parar por aqui se não vou querer falar do evento TODO e ainda irei falar do VMB neste post.
Confira os premiados da noite:
MELHOR COLABORAÇÃO: Lady Gaga featuring Beyoncé – Telephone
MELHOR CLIPE FEMININO: Lady Gaga - Bad Romance
MELHOR CLIPE MASCULINO: Eminem - Not Afraid
MELHOR CLIP DE HIP HOP: Eminem - Not Afraid
BEST NEW ARTIST: Justin Bieber featuring Ludacris – Baby
MELHOR CLIPE POP: Lady Gaga - Bad Romance
MELHOR CLIPE DE ROCK: 30 Seconds To Mars - Kings and Queens
MELHOR CLIPE DANCE: Lady Gaga - Bad Romance
CLIPE DO ANO: Lady Gaga – Bad Romance
MELHOR DIREÇÃO DE ARTE: Florence + The Machine - Dogs Days Are Over
MELHOR COREOGRAFIA: Lady Gaga – Bad Romance
MELHOR CINEMATOGRAFIA: Jay-Z & Alicia Keys - Empire State of Mind
MELHOR DIREÇÃO: Lady Gaga – Bad Romance
MELHOR EDIÇÃO: Lady Gaga – Bad Romance
MELHOR EFEITOS ESPECIAIS: Muse – Uprising
DESCOBERTA DO ANO: The Black Keys – Tighten Up
vmb-2010-indicados Depois de muito falar do VMA, pularemos pro VMB. Ainda de acordo com nossa super companheira de trabalhos escolares, temo que:
“O MTV Video Music Brasil (VMB) é uma premiação musical realizada pela MTV (não vou nem comentar isso de novo). Teve sua primeira edição no ano de 1995 com a finalidade de premiar os melhores videoclipes nacionais e internacionais através da votação de sua audiência e de um júri especializado para categorias técnicas. A partir de 2007, houve reformulação em suas categorias, premiando também os artistas e suas músicas e mantendo a categoria Clipe do Ano, para representar a antiga intenção.”
Interessante como é a mesma descrição pros dois eventos, não? A diferença é que nos EUA ganha quem tem talento e/ou quem merece e aqui no Brasil… Isso é algo que eu não consigo entender: como que gente sem talento, criatividade e senso do ridículo ganha todos os prêmios que concorrem? Porque eu não conheço uma pessoa se quer que goste dessas bandas coloridas. E eu não tô falando do NX Zero ou Fresno não. Eles nem nessa categoria se encaixam. Desculpe se vocês pensam de maneira contrária ao que tô dizendo, mas na situação que essas música se encontram ultimamente, eles não são Happy Rock nem de longe, no escuro e de olho fechado. Vou parar de criticar essas coisas, até porque é sobre o evento que estou falando e não deles. Mas isso me deixa indignada. Ainda farei um post sobre essas porcarias que as crianças aborrescentes gostam (porque pra gostar só pode ser menina ou menine).
00000002 Sobre o VMB o que tenho a dizer é simples: MUITO BOM! Não me refiro a premiação, porque aquilo pra mim foi palhaçada de muito mal gosto, mas sim as apresentações mesmo. Antes de tudo, estavam Paulinho Serra, Tatá Werneck e Carol Ribeiro recebendo os artista no tapete vermelho e soltando muitas piadas. Dado o tempo pra começar a premiação, entra Marcelo Adnet ao lado de Fernandinho BeatBox (espero ter acertado a pessoa) fazendo um rap de “improviso”, seguido por Marcelo D2. Também participou desta “presepada” Bento Ribeiro (que não sei se realmente estava bêbado), Sandy e Miranda (sim, aquele cara do Qual é o Seu Talento?). Assim é dado início ao evento, que foi apresentado pelo próprio Adnet e pela Marimoon, via internet e que estava com um figurino e maquiagem que lembravam Kerli, Lady Gaga e Barbie. Logo em seguida entra o Ronald Rios ao lado de Larissa Riquelme para entregar o primeiro prêmio da noite. Vários artistas também participaram desta noite, dentre eles: Léo Santana (que eu juro que quase jogo a sandália na tela da TV se ele fosse cantar Rebolation), Danilo Gentili ao lado do pessoal do MMA, 3OH!3 esculhambando o Rafael Queiroga e anunciando a banda Fresno (e eu vibrando achando que eles iriam cantar alguma coisa u.u), Raul Gil e sua imitação feita por Gui Santana (William Bomboner, pra quem não conhece), Palmirinha *-* (ao lado dos Colírios Capricho), Roberto Justus, Christian Chavez (ex-RBD, gay assumido), Neymar, Sabrina Parlatore, Thunderbird, Sabrina Sato, Charles Henriquepedia, além dos próprios VJ’s da emissora que nos renderam boas gargalhadas.
7716536_vmb_2010_285_498 Rafinha Bastos, Britto Júnior, NX Zero, Sandy, Mallu Magalhães, Nelson Rubens, Rodrigo Faro, Ratinho foram alguns dos artistas que satirizaram os programas exibidos pela MTV, substituindo os VJ’s. Quanto aos shows, teve o Fresno, uma mistureba de um bando de emo cantando Zóio de Lula e Mulher de Fases, as psicodelias de Otto, OK Go (que foi a banda gringa convidada pra tocar e que eu não sei até então quem são nem de onde sairam) e, pra fechar com chave de ouro, GAIOLA DAS CABEÇUDAS e Valeska Popozuda(deve ser uma dessas milhares de garotas que fazem sucesso com funk)!!!!!! Eu delirei quando vi!!! E eu cantei junto!!! E foi muito massa esse encerramento. Eu amei mesmo \o/ Ia esquecendo. teve o show do Gay… digo, Restart também. Foi feito ao ar livro, aberto ao público, bem longe do evento, em uma praça lá que não sei onde fica e nem procurei saber. Pra vocês verem que não só a gente não gosta deles: até a MTV não queria eles na premiação ou não teriam jogado eles nessa praça pra tocar lá. AH! Eles foram vaiados em todos os prêmios que ganharam HAHAHA!
Falar em prêmios, nem comentei sobre eles, né? Também não se tem muito o que comentar. Restart leva tudo que concorree e é vaiado todas as vezes, só que a MTV coloca a música deles bem alta pra tapar as vaias; God of War III perde pro Super Mario, que só deve ter ganho porque está completando 25 anos; Felipe Neto ganha do PC Siqueira na categoria Webstar, porém ele sobe no palco seguindo o Felipe e filmando tudo; Justin Bieber ganha como artista internacional, mas seu prêmio é roubado pela Mini Lady Gaga que aparata atrás dos apresentadores; e Bento Ribeiro recebe prêmio na categoria 20 Anos sem estar na lista dos concorrentes e agradece bêbado pelo prêmio ganho (isso ainda me deixa intrigada: bêbado ou brincadeira?).
Quem perdeu e quiser assistir ao VMB ou simplesmente revê-lo, clique aqui e confira na íntegra.
Não queria colocar isso aqui, mas é meio que obrigação. Então, confiram os ganhadores:
Artista do Ano: Restart
Clipe do Ano: Restart – Recomeçar
Pop: Restart
Revelação: Restart
Hit do Ano: Restart - Levo Comigo
Rock: Pitty
Rap: MV Bill
MPB: Diogo Nogueira
Eletrônico: Boss in Drama
Aposta: Thiago Pethit
Aposta Internacional: School of Seven Bells
Artista Internacional: Justin Bieber
Webstar: Felipe Neto
Webhit: Justin Biba
Game: Super Mario Galaxy 2
Eu vou ficando por aqui porque este post já tá valendo pelo ano todo de tão grande que ficou. É pra descontar o tempo que fico sem postar coisas aqui. Não sei quando voltarei com mais novidades. Provavelmente próximo fim de semana que é quando eu tenho algum tempinho livre.
Bjos e até a próxima!!

4 comentários:

Rams disse...

Adorei o post, tá bem representativo :D

Só me pergunto pq os coloridos ganharam tantos prêmios... Mas, pelomenos ganharam um banimento, e melhor: Com consentimento. Que artista que tenha auto-respeito iria fazer show à leguas do local onde ganharia premios? Sim sim...

Dany disse...

KKK É q colorido tá na moda kkk Pelo menos foi oq eu vi quando sem querer (e como eu me arrependo) passei pela os canais da tv (brasileira mesmo) e (ECA) me deparei com... MALHAÇÃO (NNNNNNNNNNNNN)!!! Pois bem, findei descobrindo q sim, coisas coloridas estão na MODA e n me refiro a ser homossexual (até pq eu nunca tive preconceito, orientação sexual n é algo q se discute, vc tem e pronto)me refiro a ser COLORIDO mesmo, por toda a estranhice d cada um p fora (Marimoon tem coisas legais, mas é COLORIDA DE DOER), como cabelos exóticos e óculos escuros q eu só usaria em carnaval ou festa de formatura kk Mas, continuando, menina quero ver o VMB pq deve ter sido SHOW!!! Amei o post! kkk

Carlos_DEUS disse...

Vou fazer aqui um comentário de senhor de idade que senta com a cadeira na calçada e fica falando dos velhos tempos:
"Essa geração de hoje em dia..."

No meu tempo quem usava calça amarela, camisa verde limão e fazia musica tosca era só o Tiririca mesmo...

Manfrinni Leal disse...

Eh!!!
Colorido e viadagem tão na moda.
Exemplo: "Restart"
...
Fazer o q ne?
Ou adere, ou não!

Postar um comentário

Momento Retrô

Visitas

Tecnologia do Blogger.